30 happy days

30 happy days #1

/café.

Acho que todo mundo que me conhece ou já passou algum tempo comigo sabe do meu vício por café. Não me lembro de um único dia nos últimos anos em que tenha passado 24 horas sem, simplesmente não consigo. Mas não é só pela cafeína que dá uma sensação de energia, o café tem um significado muito gostosinho no meu dia a dia.

O café pra mim é uma pausa, é um respiro antes de começar alguma coisa importante, um momento de papo com alguém querido, é um aconchego. O cheirinho do café é quase tão reconfortante quanto o próprio café, pra mim é a melhor forma de começar o dia.

Gilmore Girls é uma das minhas séries favoritas e não é por acaso, se fosse pela paixão por café eu poderia muito bem ser uma Gilmore. Assim como a Lorelai, acho impossível sair de casa sem uma ou duas xícaras – no mínimo. E sou uma pouco chata para café: pra mim quando mais simples melhor. Odeio café de máquina, odeio café expresso, gosto mesmo é do bom e velho café coado.

Não planejei que o primeiro post do projeto fosse sobre isso, mas quando me preparei pra começar a escrever com a minha xícara de café na mão e o cheirinho espalhado pela casa percebi que não teria como falar de outra coisa. Café me faz feliz. Fim.

Leave a Reply